quarta-feira, 18 de abril de 2012

Professores e estudantes da Uncisal aguardam proposta do governo



Com as atividades paralisadas desde o dia 22 de março, os professores e estudantes da Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) mantêm a greve e aguardam a contraproposta do Governo do Estado, frente ao documento protocolado com o objetivo de se buscar melhorias para a instituição pública de ensino.


Mobilizados e com o canal de negociação em aberto, os professores aceitaram a proposta de reajuste salarial de 24% apresentada pelo governo, apesar de defenderem que o valor seja repassado de forma retroativa a 2008. Já os estudantes aguardam o compromisso do governo diante das questões estrutural e financeira da instituição de ensino.



“Até o momento o governo só atendeu parte da demanda dos professores. Quanto à pauta dos estudantes, que defendem mais investimento e atenção para com a estrutura da Uncisal, nada foi proposto. Portanto, a greve continua e será mantida até o governo responder à demanda por completo, com prazos estabelecidos. Estamos preocupados com o ano letivo. Mas preferimos atrasar o calendário do que voltar a estudar sem estrutura alguma”, disse a estudante de Terapia Ocupacional e representante do DCE da Uncisal, Priscila Calheiros.



Concurso



Quanto a um dos principais pontos de reivindicação dos professores e estudantes, o concurso público para substituição de prestadores de serviço, a reitora da Uncisal, Rosângela Wyszomirska, expôs que o procedimento já está em andamento e que o certame deverá acontecer no segundo semestre deste ano.



“Acreditamos que no prazo de dois meses o processo para realização do concurso seja entregue à Segesp [Gestão Pública]. Assim, a previsão é a de que o concurso ocorra no segundo semestre”, explicou a reitora, afirmando acreditar que o desfecho do impasse entre o governo e professores será resolvido em breve, 'sem danos para o calendário letivo'.


Fonte: Gazeta Web

Sem aceno do governo, professores mantêm greve na Uncisal


A greve deflagrada em 22 de março na Uncisal (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas) parece ainda estar longe do fim. Na manhã de hoje (18), o professor George Sousa, vice-presidente da Associação dos Professores da Uncisal disse em entrevista ao Primeira Edição que até agora a categoria ainda não teve nenhum aceno por parte do governo sobre a pauta de reivindicações.
“A única proposta concreta foi a questão da equiparação salarial com a Uneal ( Universidade Estadual de Alagoas), que na verdade, é uma questão jurídica clara. O Estado não pode pagar salários diferentes a mesma categoria. Já as outras reivindicações que também são muitos importantes, não tivemos nenhum resposta”, falou George.
Ainda segundo o professor George, os professores e estudantes preparam atos de mobilização par o fim de semana como forma de protesto por causa da demora do governo em apresentar uma contraposposta à categoria.
O professor informou que esta semana um aparelho de ar condicionado explodiu na Universidade provocando pânico e ainda mais desconforto no prédio que sofre com problemas de infraestrutura. “Estamos aguardando resposta. A situação é crítica e só piora. Tudo está deteriorado e queremos respostas concretas”, falou
Segundo George, entre as reivindicações, a categoria pleiteia a viabilização de um hospital escola para os alunos da Universidade; a reposição salarial – os professores querem uma equiparação com os salários pagos aos professores da Uneal e que seja de forma retroativa ao ano de 2008; a partir do próximo ano o reajuste seja real, em relação ao IPCA(Índice Nacional de Preços ao consumidor Amplo - IPCA); além de atender os pedidos dos alunos.
Uma reunião vice-governador Thomaz Nonô no inicio do mês rendeu a publicação no Diário Oficial a autorização do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para preenchimento de 704 vagas, de níveis médio e superior, para cargos de professores e servidores administrativos. No entanto, os professores aguardam um edital para a realização de um concurso público para o quadro efetivo da universidade.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Professores da Uncisal entram em greve nesta 5ª por melhores salários



Os professores da Universidade de Ciências da Saúde do Estado (Uncisal) vão entrar em greve a partir desta quinta-feira (22). A decisão foi tomada em assembleia na manhã desta terça-feira (20) e a paralisação, que será por tempo indeterminado, conta com o apoio massivo dos alunos, segundo o presidente da Associação dos Docentes da Uncisal (Aduncisal), André Falcão.
A categoria afirma que comunicou suas reivindicações ao Governo no último dia 8, mas não foi procurada por representantes do Estado. Os professores reclamam da falta de reajuste salarial desde 2004, da falta de infraestrutura adequada para aulas teóricas e práticas, além da falta de concurso público para professores de cursos superiores.
Nesta quarta-feira (21), às 9h, os professores realizarão um protesto na porta da Uncisal, onde esperam conseguir apoio dos demais servidores do órgão. Segundo a coordenação do movimento grevista, quase 50% dos professores não são concursados e estão sendo pagos por meio de notas de empenho.
Com a greve, ficam suspensas todas as aulas e demais atividades educacionais. Os ambulatórios atendidos pelos professores vão funcionar com apenas 30% de sua capacidade de trabalho, conforme determina a lei.
Na lista de reclamações estão ainda a falta de um hospital Universitário próprio e de campo de estágio adequado, a falta de incentivo às atividades de pesquisa ensino e extensão, e o sucateamento do campus.
Fonte: TUDONAHORA :)

quinta-feira, 8 de março de 2012

#DiadaMulher (:



Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas. [Sêneca]



Paraabééns a todas as mulheres, não somente hoje, mas por todos os dias do ano. #DiadaMulher (:

segunda-feira, 5 de março de 2012

#AgradeçoSempre :)


Última semana de inscrições para o curso pré-vestibular MedEnsina da Uncisal




O Programa  MedEnsina da Pró-reitoria de Extensão da Uncisal está com as inscrições  abertas até 9 de março para o ano letivo  2012.
 O MedEnsina é um Programa de Extensão e consiste em um curso pré-vestibular gratuito, voltado a alunos que concluíram ou estão concluindo o ensino médio em instituições públicas, EJA, supletivos, escolas cenecista e para  bolsista de escolas particulares.
As inscrições podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, no térreo do prédio sede da Uncisal, das 14h às 20h. No ato da inscrição será cobrada uma taxa de R$ 25,00. A taxa é única, anual e não será cobrado material e nenhuma mensalidade dos alunos, disse Berkmis Viana, coordenador do Curso.
O processo seletivo será aplicado no dia 11 de março, o resultado divulgado no dia 12, no mural da Proex no 3º andar do prédio sede e no site da Uncisal. As matrículas serão realizadas no período de 12 a 14 do mesmo mês, na sala do Diretório Acadêmico 2 Maio, no 2º andar do prédio sede da Universidade.
As aulas terão inicio no dia 15 de março, e serão ministradas por universitários voluntários, tendo previsão de encerramento no mês de novembro deste ano. O horário de funcionamento do curso será de segunda a sexta  das 18h às 21h30, e eventualmente aos sábados.

Fonte: UNCISAL

Alunos alagoanos ocupam 90% das vagas na Uncisal


A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) divulgou na tarde da sexta-feira, dia 2 de março, a lista dos aprovados no Vestibular Uncisal 2012, onde disponibilizou um total de 440 vagas para os cursos diurnos e noturnos, sendo 50% das vagas para alunos provenientes de escolas públicas.
Com o processo seletivo 2012, mais de 90% das vagas foram ocupadas por estudantes alagoanos. Na medicina esse universo representou 70% e em alguns cursos, como processos gerenciais, terapia ocupacional e sistemas biomédicos foram aprovados 100% de alagoanos.
A Universidade considera que cumpre seu papel como universidade estadual ao oferecer ensino superior de qualidade para os alunos de Alagoas.

As matrículas dos feras acontecem de 05 a 07 de março, na Gerência de Controle Acadêmico da Uncisal, das 8 às 14 horas.
Para as vagas não preenchidas, ou resultantes de desistência de matrícula, serão convocados novos candidatos, obedecendo à ordem de classificação. Essa convocação será efetuada por meio de edital afixado no quadro de avisos da Pró-Reitoria de Graduação da Uncisal e publicado no site da Uncisal.



Fonte: UNCISAL